11 de junho de 2011

Beautiful Dead - Livro 2 - Arizona

««««««
[muito bom]

Eu recomendo: Beautiful Dead – Livro 2 - Arizona
Autora: Eden Maguire
Editora: Benvirá

Beautiful dead:
Arizona é o segundo livro dessa série, se você não leu Jonas, o texto a seguir pode conter spoilers.

Sinopse:
Jonas conseguiu no tempo que lhe restava solucionar sua morte, agora é a vez de Arizona. O tempo está realmente curto e as dificuldades de Darina são muitas, primeiro porque ela não gosta de Arizona, segundo porque ela não era a única, ninguém gostava muito dela, o que significa que ela não tem qualquer amigo com quem se possa descobrir alguma coisa sobre sua morte. Seus pais também são uma péssima opção já que são reservados e não querem contato com Darina. Para piorar Arizona está escondendo muitos segredos e detalhes que podem ser fundamentais na descoberta de sua morte, como se isso não fosse suficiente as histórias de fantasmas estão se espalhando e cada vez mais pessoas aparecem perto dos Beautiful Dead tentando descobrir algo, o que faz com que muita energia seja gasta e as atenções sejam desviadas de Arizona.

Meu cantinho:
Sinceramente, achei que não iria gostar da história desse livro porque era a de Arizona e, sinceramente, ela não deixou uma impressão boa no primeiro livro. Afinal, ela queria bancar a chefona, a dona da situação, a durona, era metida, arrogante e eu logo peguei birra dela. Mas me surpreendi, e comecei a gostar muito dessa menina. Ela foi meio burra em alguns aspectos, afinal, quando se tem uma chance de voltar do mundo dos mortos, sua única e última chance não se pode ficar escondendo informações, é preciso tentar ao máximo e correr atraz! Apesar de que entendo que ela tentava proteger pessoas que ela amava, mas mesmo assim acho que ela deveria ter contado já que sabia que essas informações poderiam ajudar Darina em sua busca. Mas o que me fez gostar dela foi a força que ela mostrou, a força para amar, o fato dela ter uma vida difícil, um pai ausente, uma madrasta complicada e ser uma pessoa doce com seu irmão, buscar de todas as formas ajudá-lo e compreende-lo. Apesar de ter sofrido muito, de ter criado uma muralha que aparenta frieza e arrogância para muitos, ela sabia se libertar dessa muralha para ser atenciosa e carinhosa com quem precisava dela. Eu vi, assim como os leitores também vão ver, uma nova Arizona, ainda forte, mas ao mesmo tempo protetora, que comete alguns erros, algumas burradas, mas que ser humano não comete? O mistério envolvendo sua morte, essas novas descobertas acerca da personalidade de Arizona e o seu irmão Raven, fazem com que esse livro se torne encantador. Espero que assim como Zoey, que estava envolvida na morte de Jonas do livro 1 e apareceu no livro 2,  que Raven também apareça e tenha participações no terceiro livro! Ele é encantador e gostaria que ficasse tudo bem com ele!
 Tenho quatro reclamações: a primeira é a pequena participação de Brandon, irmão de Phoenix, gosto muito dele a algo me diz que ele e Darina ainda vão terminar juntos! A segunda é o humor de Darina, temos a impressão de que ela está brava e do nada está feliz de novo, os humores dela são extremamente confusos, o que às vezes da impressão de que ela é volátil ou um personagem mal elaborado, ou talvez isso seja uma interpretação relacionada a minha terceira reclamação sobre algumas passagens da escritora. Tem determinadas frases dos personagens que quando você lê parece expressar determinado sentimento, mas analisando o contexto percebemos que a frase foi mal formulada. Tem frases que parecem ser escritas, até pelo uso de gírias (por isso talvez o erro não seja da escritora, mas da tradução), expressando raiva, por exemplo, mas na verdade é uma situação onde a pessoa está desolada, dominada pelo pânico e temerosa. Em situação onde a pessoa não consegue manter sua segurança, sua fala saí tremida, fraca e não expressando raiva ou qualquer tipo de poder. Acho que talvez seja por isso que vejo alterações no humor de Darina quando na verdade a raiva dela é uma brincadeira ou algo que não compreendi, e por isso ela é capaz de rapidamente sair de uma briga para um sorriso no rosto. Última reclamação: as situações sobrenaturais estão cada vez mais malucas, mas um maluco meio negativo. Já tínhamos esse sobrenatural esquisito no primeiro livro, mas senti ele mais presente no segundo. As ventanias, as asas, caveiras, alucinações, poderes malucos, asas que surgem nas costas dos Beautiful Dead e da Darina do nada (meio maluco e mal formulada essas parte), acho que ficou forçado demais. Fora essas reclamações, gostei bastante, em menos de cinco horas já havia terminado a leitura!

Continuação:
O próximo livro conta a história de Summer. Ainda não lançado no Brasil e, sinceramente, se for demorar o tanto quanto Arizona, mais um ano esperando (não sei porque demora tanto). A capa do próximo livro é bem mais bonita do que essa, as asas muito mais bem feitas (pelo menos no original), agora é torcer para editora não torturar muitos os fãs da série.

4 comentários:

  1. nossa amiga eu leio super rápido, mas você bate o record: 5 horas? caramba, leitura dinâmica?
    lkkkkkkkkkkkk adorei
    beijos

    ResponderExcluir
  2. epaa! nem li o primeiro e já lançou o segundo por aqui. #atrasado

    J.
    -The Eater of Books

    ResponderExcluir
  3. passando para te desejar uma inda semana.
    namorou muito hoje amiga?
    beijos

    ResponderExcluir
  4. AMIGA TEM DESAFIO PARA VOCÊ NO BLOG:
    http://amorimortall.blogspot.com/2011/06/desafio.html
    BEIJOS

    ResponderExcluir